terça-feira, 12 de janeiro de 2010

De portas fechadas













Como teño os ollos medios apegados e chove tanto, que debeu ser o valter mesmo a fundir a neve, tento convencerme de que aínda estou a durmir e por iso, coma nun pesadelo interminable, nin petando abren algúns dos blogues que visito, aqueles cuxo camiño os dedos coñecían de cor. Desta vez, teño certeza, non podo culpar o bf-fb. A ver se esperto, entón.

6 comentários:

Blog Dri Viaro disse...

Oi, passei pra conhecer o blog e desejar bom dia
bjss

aguardo sua visita :)

Sun Iou Miou disse...

Hein? Se tivesse parado a conhecer um pouquichinho o blog, Dri Viaro, como eu me preocupei em conhecer o seu sequer, assim, numa vista de olhos, enfim, nem aguardava a minha visita, menos me mandava beijos castrados de vogais. Quando ao bom dia, são sempre bons só por ser dias.

(Sou mesmo uma bestinha quando toca.)

Kapikua disse...

Quer-se dizer o Valter funde o gelo com o calor do olhar, tu levas com a chuva e ficas mal disposta...

Queres um café Nespresso? Que sabor?

É só pedires que eu envio...

Beijo aos flocos!!!!

Sun Iou Miou disse...

Eu mal disposta com a chuva, Kapik? Nãoooo! Tão mal assim me exprimo? Mal disposta deixaram-me os blogues fechados. Foi isso.

E sim, vem a calhar agora um café, sabor "o melhor tirador do mundo", faz favor. Não envies, traz!

Beijo molhadinho! (Ups?)

Kapikua disse...

Tu é que andas a dormir e eu é que não compreendo o que leio :)

vou já, já!

Como vou conseguir replicar um beijo tão fresco que me deixou deliciado?

Beijo quente!!!!

Sun Iou Miou disse...

Hehehe! Agora nem sei se ando a dormir se a sonhar, Kapik.

Não faças mais isso que me desconcentras e estou a traduzir um filme com crocodilos de bocas quilométricas e dentes branquinhos, e ainda sou capaz de me enganar e mandar um a te beijar pelos pés.

Beijo descongelado.

(E esse café está demorando!)