quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Nin para escaravello dou os anchos...

Pois resulta que segundo un estudo elaborado pola Universidade de Valencia (non, hoxe non tivemos que viaxar á China, nin sequera aos Estados Unidos de América, foi aquí ao lado), os escaravellos saben contar! E sen dedos, que ten máis mérito. Unha xa ten complexos bastantes cos números —e se non que lles pregunten ás contables (si, as contables, non sei por qué, son todas mulleres) das empresas para as que traballo, que non fago unha factura a dereitas—, como para que agora me superen ata uns viles insectos, que se dedican nada menos que á fariña.

O que a noticia non especifica é se son escaravellos da fariña fariña, da do pan, ou da outra, da enfiar polo nariz para arriba. Porque neste último caso ten máis explicación: como para enganarse nas contas, que che ferran un tiro nun visto non visto. Polo menos, eu cando me confundo (en puridade, debín dicir, "eu unha vez ao mes...") só teño que aturar a sorna da contable en cuestión (fago a factura, revísoa tres veces e xa sei cando soa o teléfono quen é e a frase que vai largar: “Non hai maneira contigo, non dás unha!”), se non onde vai que estaba a criar esterco, que en escaravello fixo que non me reencarno.

O que non acabei de entender ben é que se a capacidade esa que posúen os tales (chamada “sistema aproximado do número”) serve para “avaliar de forma aproximada a cantidade de obxectos nun conxunto” (sic), como fan para contar a fariña: por granciños de po, por sacas, por metro cúbico? A ciencia é que ten moito vicio: a cada pregunta que responde, suscita mil máis.

31 comentários:

Anónimo disse...

e hoxe vde. está filosófica que dá gusto ouvila: o que non vexo eu moi claro de toda esta historia é a infalibilidade (ou non) dos tales bichos: erran? moito, sempre?
até canto contan? (porque os trasnos contan, pero non pasan de 5)

Anónimo disse...

ah, gostei imenso da foto da cabeceira :-)

Teté disse...

Bom, tendo em conta que os escaravelhos são bastante mais pequenos do que tu, olha, se calhar um grão de pó de farinha é assim como um pacote de quilo da mesma, para nós. Fazendo a comparação...

Mas eu envergonhava-me de ser superado a matemática por um reles insecto! (`_^)

Jinhos!

LM disse...

que sabem contar??? jasus!
beijos

Sun Iou Miou disse...

A ver, Kaplan, digo eu que se contan, contarán ben, porque se non contan ben é imposible saber se contan ou fan como que contan. O que ignoro é se contan polo sistema decimal, por ducias ou a ollo, coma quen di, cubicando.
E ata canto contan? Bonita pregunta para a ciencia. A ver se fan coma o que apanda, cando se xoga ás agachadas, que ata o dez ben e logo darlle a lingua sen pronunciar nada. Por certo, se os escaravellos non falan, como se sabe que contan?

Aínda ben que me gaba alguén a foto, que leva aí pendurada desde o ano pasado e nin caso.

Sun Iou Miou disse...

Nesse cálculo já pensei, mas os científicos deviam ter muito olho para apreciarem isso e que os escaravelhos não os tramassem contando de cada vez uma quantidade diferente de grãos.

Pois estou envergonhada mesmo, Teté, mas isto aqui do blog é como ir ao padre ou ao psicólogo: a confissão libera.

Sun Iou Miou disse...

Estou por contratar un, LM, para que me leve a declaración da renda. (`_^)

condado disse...

Non é por amolar pero... esta foto non está copiada doutro blog?

Sun Iou Miou disse...

Que foto, Condado? A da cabeceira? Está, si, pero a propiedade intelectual é miña, e o arce xaponés tamén; só as lágrimas son da chuvia.

La queue bleue disse...

XD
Muito vício mermo. :D
O que si isso do "sistema aproximado do número" soa bem misterioso e, sem dúvida, sofisticado.

Sun Iou Miou disse...

A mim deixou-me siderada, LQB. Mas intuo que vem sendo coisa assim como "a olho". (`_^)

Rei da Lã disse...

Qual João?!

La queue bleue disse...

Isso parece. Mas a que soa guai o de "sistema aproximado do número"? :P
Cousas dos nomes das cousas.

Sun Iou Miou disse...

Agora é que me perdi, Rei da Lã. Isso que falas é português avançado para mim. Se não te causar muito incomodo, dás-me umas lições extra-curriculares?
(Ou é como de costume que não percebeste patavina?)

Sun Iou Miou disse...

Pois, LQB, o de "a olho" não deveu parecer muito sério na hora de pedir o subsídio para o projecto. Já sabemos como o pessoal gosta de reviravoltas.

Anónimo disse...

Non terán dedos, pero teñen seis patas, máis que os dedos da man. Ou sexa que cun pequeno xiro de cabeza ou torcendo un pouco o cu, poden contar. Iso si, eles o fan en base seis (non sei se o sistema se chama senario). Así queda demostrado quen manda no sistema económico desde que entrou o Euro nas nosas vidas. Xa sabes, seis euros, mil pelas.

Tá-se bem! disse...

No ai entendido nada! quase nada.. :( eu ainda conto pelos dedos... :|

besosssss ;))

leticia disse...

Y para que quieres contar con números?? con lo bien que se te da contar con las palabras??

Mil besos.

Anónimo disse...

É verdade, este texto está complicado para um "portuga".
Percebi que cientistas de Valência descobriram que os escaravelhos sabem contar. Pois na minha terra os escaravelhos sabem fazer bolas de esterco (de merd* eheheh) onde põem os ovos e depois rolam-nas até encontrarem um local para as esconder. Se sabem contar, ou não, não sei, mas como cada escaravelho costuma ser visto só com uma bola de merd* e se eles só têm um dedo, estão são capazes de contar pelos dedos.
1 dedo=1 bola de esterco.
É matemática avançada eheheh.
Beijos.

Sun Iou Miou disse...

Aí estiveches fino, Couselo. Andas endrogado? De todas maneiras, eu sei de quen ten seis dedos, Couselo, aínda que non sexa nas mans nin nos pés (`_^) e non ten poder ningún. E quizais sexa porque alguén dixo: "No permita la virgen que tengas poder..."

http://www.youtube.com/watch?v=LusjMAhUDHI

Por certo, non sei na túa, pero o euro na miña vida pouco entra, e cando entra, logo sae.

Sun Iou Miou disse...

Tá-se bem!, ainda contas alguma coisa, nem que for pelos dedos, que eu cada vez menos conto.

Pois, que se fez um estudo "científico" que concluiu que há uma espécie de escaravelhos (que trabalham no ramo da farinha) que sabem contar, mas eu conclui pela minha parte que eles só sabem contar dum jeito aproximado (=sistema aproximado de número?), o que nós chamamos "A olho", ignoro a expressão portuguesa.

Beijos contados para ti!

Sun Iou Miou disse...

Para que quero contar números, Leticia? Porque non só de letras vive a muller e de cando en cando teño que levar unha codia de pan á boca e pagar a conta do teléfono para non quedar andar pola vida sen rede, (`_^), e porque son especialista en non botar contas do que vou cobrar polos traballos ata que quedo sen calefacción nin agua quente na semana máis fria do inverno, he!

Sun Iou Miou disse...

Esses escaravelhos, CãoSarnento, não são exclusivos da tua terra, que há por toda a parte e ainda bem, porque são imprescindíveis recicladores da merda que vamos deixando pelo mundo adiante.

A coisa é mais subtil, pois, imagina que o escaravelho deve calcular o tamanho da bola conforme o número de ovos que deposita nela. Achas que possa receber um subsídio para estudar isso?

Raposo disse...

¿ e sábese se estudiaron nun colexio público ou privado?

Teté disse...

Eu estou a olhar, mas não vejo nada mais que o post de ontem (quer dizer, anteontem, devido ao adiantado da hora...)! (`_´)

Sun Iou Miou disse...

Os científicos ou os esvaravellos, Raposo? Hehehe!

Sun Iou Miou disse...

Ai Teté, esse blogger vai muito ligeiro. Foi uma tentativa de post que não saiu bem e que não apareceu nem meio segundo, mas ficou registado. Desculpa a moléstia do passeio em balde! Beijo (*_*)

Anónimo disse...

Como é que o blog me aparece actualizado (na minha lista de blogues aparece "Paz aqui e depois glória") e aqui está tudo na mesma?
É a segunda vez que acontece, esta semana...
Beijo.

Sun Iou Miou disse...

Desculpa, CãoSarnento: é que só escrevo merda ultimanente (o espaço temporal que possa abranger o advérbio "ultimamente" fica à discrição dos leitores, entre os que me incluo como leitora de mim mesma) e ainda me fica algum discernimento para o retirar a tempo.
Beijo

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Peo que percebi os escaravelhos sabem contar.Mas gostava de perceber para que é que lhes serve fazer contas... se não têm que ir às compras! (rsrsrs)

Sun Iou Miou disse...

Eu o que não percebo, Carlos, é para que se perde o tempo nesses estudos: só se for para me dar a mim matéria para escrever, da que ando carente. De toda a maneira, se são seres inteligentes, talvez contem só pelo prazer de contar... como eu? (`_^)