sábado, 1 de novembro de 2008

Véspera de defuntos redivivos










Cantiga de escárnio e mal-dizer à pimba
Natura fez de mim dama,
por isso se tenho fome
não procuro pão nem mama,
mas quem diga que me come.

Tu disseste: tenho manhas,
e esgrimiste competência,
falaste-me de façanhas,
eu ardi em concupiscência.

Prometeste dar a lua
se eu te dava a minha flor
e eu disse: dá lá essa tua,
que eu dou-te cá o meu penhor.

Presto tiraste a arma,
que eu presumia potente.
Foi só ires afundar-ma
e acanhou tão de repente,
que disse olhando o defunto:
É p'ra isto que estou nua?
E pronta a esquecer o assunto
pus-te no olho da rua.

Mas por não fazer um drama
e apagar a comichão
chamei-te de novo à cama
e tu não disseste não.

Começamos do princípio
e metemos mãos à obra.
Se mais não, deu para este rípio
e p'ra dar vida a uma cobra*.

E assim terminou a história
bem sepultado o morto,
pois não cabe maior glória
do que endireitar o torto.










____________________
*Cobra1: Objecto em forma de cobra; pessoa perita no seu ofício e a sua arte.
*Cobra2: (Do latim copula, pelo provençal cobla) Ant. copla: Pequena composição poética, geralmente em quadras, para ser cantada.
(Fonte: Novo Aurélio Século XXI)

18 comentários:

Tá-se bem! disse...

Mas olha que glória tão bem metida aí.. ehehehe

Isto está muito bom mesmo! Tu és um talento nato mulher! :)

Beijooo de Boa Noite de defuntos e viva a vida! (enquanto há..) ;))

Sun Iou Miou disse...

Já vês no que me dá por pensar depois duma visita ao cemitério, 'Tá-se bem. Parece mentira sendo os cadáveres tão tesos não darem tesão nenhuma. (`_^)

Sim, sim, viva a vida enquanto há e quando não houver, morra a morte!

Beijo de sábado de labuta!

La queue bleue disse...

XD
Genial, sun, genial!

Sun Iou Miou disse...

Ai, LQB, gloria in excelsis ego!

Ana disse...

ah ah ah!!! loooooooool!!

Sun Iou Miou disse...

Sexo e defuntos sempre fazem bom casal, Van. He!

Teté disse...

Cantigas de escárnio e mal-dizer à pimba???

Excelente cobra (só conhecia o significado normal, do bicho pouco simpático ou da sua forma)!!! (*_*)

E o DEP é o RIP em inglês, tipo Descanse Em Paz, não?

Beijoca!

Sun Iou Miou disse...

O DEP é o RIP em inglês, Teté? Estás a pensar em quê? No filhote que vai de pinto para galo e sonha com os States? Vá, diz que foi um lapsus linguae. Resquiescat in pace é latim de toda a vida! E acredita que andei à procura dum RIP que se visse bem assim como esse DEP, que com mortos sempre condiz uma língua morta, mas não havia nenhum por estas partes: era só, sim, "Descanse en paz".

Em tempo, nos jazigos, qual é a expressão portuguesa para RIP ou DEP? FDS?

Osculum!

Anónimo disse...

FDS? (o que eu penso que signica é un tanto duro, principalmente para defuntos)

Sun Iou Miou disse...

E logo, Kaplan? Pois se non me engano, non te enganas:

http://istononeuncabare.blogspot.com/2008/01/final.html

Ser defunto debe de ser fodido mesmo.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Excelente a sua visão!

Sun Iou Miou disse...

Carlos, não me gabe assim tanto, não vá ter de lhe dedicar uma cantiga de amor, medieval e platónico. (`_^)

condado disse...

¡Vivan los muertos!

Sun Iou Miou disse...

Pois, Condado, que non é o mesmo ser morto vivente, que vivo moribundo.

Anónimo disse...

RIP!
Por acaso comi uma sopinha de abóbora...
Saudações do Marreta.

Sun Iou Miou disse...

E reviviste, Marreta? Vejo que hoje não te despediste com "saudações defuntas", he!

Teté disse...

Ah, Sun, raramente vou a cemitérios e nunca estudei latim (claro, tive de aprender algumas frases, mas não estudo em si).

Daí o "lapsus linguae" não ser verídico, RIP era simplesmente o Rest In Peace anglófono.

O "Descanse em Paz" faz sentido, mas como não vou a cemitérios a não ser num ou noutro funeral, nem sei se aparece o DEP ou o RIP (do latim ou do inglês) nas lápides.

Beijoca e boa luta aí com o Alemão! :)))

Sun Iou Miou disse...

Pois, Teté, agora fui eu quem patinou. Tens razão: nunca pensei que o RIP pudesse ser também Rest In Peace: sempre o li à latina. He! Mea culpa!

Também eu não vou a cemitérios, Teté. No outro dia fui só por curiosidade, e porque queria a foto dum DEP ou um RIP para a cantiga. Hihihi!

Volto com o alemão, e beijo para ti.